Nietzsche, a contestação do realismo platônico da linguagem e a constatação da comunicabilidade usual como sinal da gregariedade discursiva

Renato Nunes Bittencourt

Resumo


O artigo aborda as críticas de Nietzsche ao realismo platônico da linguagem, cuja concepção pressupõe a existência de um substrato metafísico que concede significado verdadeiro para as palavras. A crítica nietzschiana aos paradigmas da linguagem usual também exige uma denúncia da sua impossibilidade em representar convenientemente a pluralidade de vivências, evidenciando o seu caráter excludente e negador das diferenças. Como saída para tal problema epistemológico e comunicacional, Nietzsche restaura o valor enunciativo do discurso artístico, cujo caráter metafórico supera as limitações semânticas da linguagem prosaica.


Palavras-chave


Linguagem; Verdade; Comunicação; Expressão; Semântica.

Texto completo:

PDF

Referências


AZEREDO, V. D. Nietzsche e a aurora de uma nova ética. São Paulo: Humanitas/FAPESP, 2008.

BELO, F. Leituras de Aristóteles e de Nietzsche. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 1994.

BLONDEL, E. “As Aspas de Nietzsche: Filologia e Genealogia” In: MARTON, Scarlett (org.) Nietzsche Hoje? Trad. de Milton Nascimento. São Paulo: Brasiliense, 1985, p. 110-139.

FINK, E. “Nova experiência de mundo em Nietzsche”. In: MARTON, Scarlett (org.) Nietzsche Hoje? Trad. de Sonia Salzstein Goldberg. São Paulo: Brasiliense, 1985, p. 168-192.

GIACÓIA JÚNIOR, O. Nietzsche como psicólogo. São Leopoldo: Editora da Unisinos, 2001.

KLOSSOWSKI, P. Nietzsche e o círculo vicioso. Trad. Hortênsia S. Lencastre. Rio de Janeiro: Pazulin, 2000.

KOSSOVITCH, L. Signos e poderes em Nietzsche. São Paulo: Azougue Editorial, 2004.

MARTON, S. “Novas liras para novas canções: reflexões sobre a linguagem em Nietzsche”. Ide, v.30(44), 2007, p. 32-39.

MOSÉ, V. Nietzsche e a grande política da linguagem. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

MÜLLER-LAUTER, W. Nietzsche: sua filosofia dos antagonismos e os antagonismos de sua filosofia. Trad. de Clademir Araldi. São Paulo: Ed. UNIFESP, 2009.

NIETZSCHE, F. Assim falava Zaratustra – um livro para todos e para ninguém. Trad. de Paulo Osório de Castro. Lisboa: Relógio d’Água, 1998.

___________. Cinco Prefácios para cinco livros não escritos. Trad. de Pedro Süssekind. Rio de Janeiro: 7Letras, 1996.

___________. Crepúsculo dos Ídolos ou como se filosofa com o martelo. Trad. de Paulo César de Souza. Companhia das Letras: São Paulo: 2006.

___________. A Gaia Ciência. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

___________. Genealogia da Moral - Uma polêmica. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

___________. Humano, demasiado humano II – “Opiniões e sentenças diversas” e “O Andarilho e sua sombra”. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

___________. O nascimento da Tragédia ou helenismo e pessimismo. Trad. de J. Guinsburg. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

___________. Da Retórica. Trad. de Tito Cunha. Lisboa: Vega, 1999.

___________. Sobre verdade e mentira no sentido extra-moral, Trad. de Fernando de Moraes Barros. São Paulo: Hedra, 2007.

PLATÃO. Crátilo. Trad. de Maria José Figueiredo. Lisboa: Instituto Piaget, 2001.

ROCHA, S. P. V. Os abismos da suspeita – Nietzsche e o perspectivismo. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2003.

SANTIAGO-GUERVÓS, L. E. Arte y Poder: aproximación a la estética de Nietzsche. Madrid: Trotta, 2004.

SUAREZ, R. Nietzsche e a linguagem. Rio de Janeiro: 7Letras, 2011.

WOTLING, P. Nietzsche e o problema da civilização. Trad. de Vinicius de Andrade. São Paulo: Barcarolla, 2013.




DOI: https://doi.org/10.26694/pensando.v8i15.5346




INDEXADA EM/INDEXED BY:

Logotipo do Sumarios   Logotipo do DOAJ Logotipo do IBICT Logotipo do LatIndex 

Logotipo da ANPOF Logotipo da MIAR

Logotipo do Portal Periodicos Logotipo da Diadorim Logotipo do Philosopher's Index

 



ENDEREÇO/MAIL ADDRESS:

Universidade Federal do Piauí, Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Centro de Ciências Humanas e Letras, Campus Min. Petrônio Portela,

CEP 64.049-550,  Teresina - PI, Fone: (86) 3237 1134  E-mail: revista.pensando@gmail.com



 

LINKS:

Logotipo da Capes Logotipo da DialnetLogotipo do CNPq Logotipo da UFPI

 


ISSN 2178-843X