The route resilience of women victims of conjugal violence / O percurso de resiliência de mulheres em situação de violência conjugal

Gabriele de Vargas Marcovicz, Maria Lucia Raimondo, Liliana Maria Labronici

Resumo


Objetivo: identificar o percurso de resiliência de mulheres em situação de violência conjugal. Metodologia: Pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, realizado em uma Delegacia da Mulher de um município da região central do estado do Paraná, com 10 mulheres que denunciaram a violência conjugal. A coleta dos discursos ocorreu de dezembro de 2011 a fevereiro de 2012 mediante entrevista aberta, e foram analisados pela técnica de Análise de Conteúdo Temática. Resultados: emergiu o tema: Ameaça a vida e a integridade da família: o início do percurso de resiliência. Evidenciou-se que a partir do momento em que as mulheres perceberam que sua vida e a de seus filhos estavam ameaçadas, decidiram enfrentar a situação. Mobilizaram-se internamente para romper com o ciclo da violência, denunciaram o vivido, se afastaram do agressor, e buscaram um novo cenário que possibilitasse a superação do trauma e a continuidade do percurso de resiliência. Considerações finais: A compreensão do percurso de resiliência de mulheres em situação de violência conjugal pode ser importante para a prática de cuidado de enfermagem, porquanto poderá instrumentalizar e estimular a enfermeira a atuar como tutora de resiliência, e, também, propiciar a melhoria da qualidade de vida das mulheres e de seus filhos.

Descritores: Resiliência psicológica.  Violência contra a mulher.  Enfermagem

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/reufpi.v3i2.1960

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

Indexado em:




Apoio: