Variable epidemiological of HIV infection in pregnant women / Variáveis epidemiológicas da infecção pelo HIV em gestantes / Epidemiológica variable de la infección por HIV en mujeres embarazadas

Laise Ramos e Silva, Angela Freire Visgueira, Natanael Lima Oliveira, Maria Eliane Martins Oliveira Rocha

Resumo


Objetivo: traçar o perfil epidemiológico das gestantes com vírus da imunodeficiência humana (HIV) atendidas em uma maternidade de referência estadual no município de Teresina-PI. Metodologia: estudo descritivo, retrospectivo, na linha quantitativa. A pesquisa envolveu prontuários de 69 gestantes com HIV atendidas, de janeiro a dezembro de 2013, em uma maternidade de referência. Os dados foram coletados de janeiro a fevereiro de 2014, utilizou-se um questionário semiestruturado. Realizou-se análise descritiva com auxílio do programa Epi info 3.5.2. Resultados: dentre as 69 gestantes, a média de idade foi de 27,5 anos (DP: 5,5), 20 (28,98%) viviam em união estável, 31 (44,92%) tinham ensino fundamental e 37 (53,62%) eram trabalhadoras do lar. O diagnóstico da infecção foi realizado durante o pré-natal em 31 (44,93%) casos, 48 (69,57%) realizaram profilaxia na gestação e 47 (68,12%) receberam AZT intraparto. Conclusão: O diagnóstico precoce, associado ao adequado acompanhamento clínico, obstétrico e cuidados de enfermagem, são importantes para prover a apropriada adesão ao tratamento e a redução das taxas de transmissão vertical.

 


Palavras-chave


Gestantes. Infecções por HIV. Enfermagem.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Indexado em:


 

Apoio: