Aplicação do processo de enfermagem baseado na teoria de Orem ao indivíduo com esclerose múltipla

Fernanda Valeria Silva Dantas Avelino, Francinete Paula Silva Dantas Avelino, Francinete Paula Silva Dantas Avelino, Railina Laura Uyara Brandão Sales, Railina Laura Uyara Brandão Sales, Lara Emanueli Neiva de Sousa, Lara Emanueli Neiva de Sousa, Cecília Passos Vaz da Costa, Cecília Passos Vaz da Costa

Resumo


A Esclerose Múltipla (EM) é uma patologia neurológica de caráter autoimune e desmielinizante. Neste trabalhoutilizou-se o método do estudo de caso e teve como objetivos: identificar os diagnósticos de enfermagem segundoa Taxonomia da Classificação Internacional das Práticas de Enfermagem (CIPE) e elaborar um plano assistencialtendo a Teoria de Orem como referencial teórico. Os principais diagnósticos de enfermagem encontrados foram:Ansiedade atual, Autocuidado comprometido, Depressão atual, Risco de infecção, Incontinência intestinal atual,Incontinência urinária atual, Mobilidade no leito comprometida, Padrão de higiene comprometido, Padrão de sonocomprometido, Pressão sanguínea em nível diminuído, Úlcera por pressão em potencial para aumento. A teoriado autocuidado de Orem é um instrumento válido e possibilitou um planejamento da assistência de enfermagemadequado à problemática do portador de esclerose múltipla.

 

Descritores: Esclerose múltipla. Teoria de enfermagem. Cuidados de enfermagem.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/reufpi.v1i1.702

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

Indexado em:




Apoio: