Stigma and preconcept related to the person with mental disorder / Estigma e preconceito relacionados à pessoa com transtorno mental / Estigma y preconceito relacionados a la persona con transtorno mental

Márcia Astrês Fernandes, Juliana Dias Pires, Francisca Elane Gomes Soares, Ivana Cavalcante Lemos de Sousa, Joyce Soares e Silva, Rosa Jordana Carvalho

Resumo


Objetivo: relatar a experiência de profissionais de enfermagem no atendimento a pessoas com transtornos mentais que vivenciam estigma e preconceito por tal condição. Metodologia: trata-se de um relato de experiência produzido no período de fevereiro a junho de 2018 por estudantes e profissionais de enfermagem, a partir de vivências nas consultas de enfermagem realizadas com usuários de um hospital psiquiátrico de Teresina-PI. Resultados: a partir da experiência surgiu o questionamento de como os pacientes enfrentavam as críticas e preconceitos em seu dia a dia. Com isso procurou-se mostrar a importância do enfermeiro na reinserção desse paciente na sociedade, ajudar a família a compreender esses indivíduos, como também buscar formas de divulgar o assunto para que as pessoas possam compreendam mais estes, e diminuam as críticas. Conclusão: o profissional enfermeiro tem um papel importante na sensibilização, e no cuidado deste cliente, atuando tanto na prevenção da doença física, quanto no adoecimento mental.

Descritores: Saúde mental. Enfermagem; Família. Preconceito.  


Texto completo:

PDF

Referências


Braga CP, D’Oliveira AFPL. The continuity of psychiatric hospitalization of children and adolescents within the Brazilian Psychiatric Reform scenario. Interface comun saúde educ [Internet]. 2015 [cited 2018 Jul 08]; 19(52):33-44. Available from: http://www.scielo.br/pdf/icse/v19n52/1807-5762-icse-19-52-0033.pdf

Waidman MAP, Marcon SS, Pandini A, Bessa JB, Paiano M.Nursing care for people with mental disorders, and their families, in Primary Care. Acta Paul enferm [Internet]. 2012 [cited 2018 Jul 08]; 25(3):346-51. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000300005

Alarcon ACRS, Guimarães LAM. Prevalência de transtornos mentais em trabalhadores de uma universidade em trabalhadores de uma universidade pública do estado de mato grosso do pública do estado de mato grosso do sul, Brasil. Rev Sul Americ Psicolog [Internet]. 2016 [cited 2018 Jul 08]; 4(1): 46-68. Available from: http://www.revista.unisal.br/am/index.php/psico/article/view/106

Kawata LS, Mishima SM, Chirelli MQ, Pereira MJB, Matumoto S, Fortuna CM. Os desempenhos da enfermeira na saúde da família- construindo competência para o cuidado. Texto & Contexto Enferm [Internet]. 2013 [cited 2018 Jul 10];22(4): 961-70. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072013000400012

Maciel SC, Maciel CMC, Barros DR, Sá RCN, Camino LF. Exclusão social do doente mental: discursos e representações no contexto da reforma psiquiátrica. Psico-USF [Internet]. 2008 Jan/June [cited 2018 Jul 10]; 13(1): 115-24. Available from: http://www.scielo.br/pdf/pusf/v13n1/v13n1a14.pdf

Almeida ACMCH, Felipes L, Pozzo VCD. O impacto causado pela doença mental na família. Revport enferm saúde mental [Internet]. 2011 [cited 2018 Jul 12];6: 40-7. Available from: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1647-21602011000200007

Rodrigues RC, Marinho TPCAP. Reforma psiquiátrica e inclusão social pelo trabalho. Ciênc saúde coletiva [Internet]. 2010 [cited 2018 Jul 11];15(1):1615-25.Available from: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000700073

Fletlich-Bilyk B, Cunha GR, Estanislau GM, Rosário MC. Saúde e transtornos mentais. In: Estanislau GM, Bressan RA, eds. Saúde mental na escola: o que os educadores devemsaber. Porto Alegre: Artmed; 2014. p.25-36.

Vieira AM, Estanislau GM, Bressan RA, Bordin IA. Saúde mental na escola. In: EstanislauGM, Bressan RA, org. Saúde mental na escola: o que os educadores devem saber. PortoAlegre: Artmed; 2014. p.13-24

Spadini LS, Souza MCBM. A doença mental sob o olhar de pacientes e familiares pacientes e familiares. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2006 [cited 2018 Jul 11]; 40(1):123-7. Available from:

http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v40n1/a17v40n1.pdf

Brasil. Lei Nº 10.216. Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental [Internet]. 2001 [cited 2018 Jul 12]. Disponível: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10216.htm

Fagundes Júnior HM, Desviat M, Silva PRF. Reforma Psiquiátrica no Rio de Janeiro: situação atual e perspectivas futuras. Ciênc saúde coletiva [Internet]. May 2016 [cited 2018 Jul 12];21(5): 1449-60. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015215.00872016

Salles MM, Barros S. Exclusão/Inclusão social de Usuários de Um Centro de Atenção Psicossocial na Vida cotidiana. Texto & Contexto enferm [Internet]. 2013 [cited 2019 Jan 18];22(3):704-12. Available from: http://www.scielo.br/pdf/tce/v22n3/v22n3a17.pdf

Siqueira SRG, Abelha L, Lovisi GM, Sarução KR, Yang L. Attitudes towards mentally Ill: a study with health workers at a University Hospital in Rio de Janeiro. Psychiatr Q [Internet]. 2017[cited 2019 Jan 18]; 88(1):25-38. Available from: http://dx.doi.org/10.1007/s11126-016-9431-5.

Kalam AFA, Carbogim FC, Barbosa ACS, Luiz FS, Paula CF, Santos ASP. Relatives demands of people with mental disorders. Rev Enferm UFPI [Internet]. 2017 [cited 2019 Jan 18]; 6(3):11-7. Available from: https://doi.org/10.26694/reufpi.v6i3.6204




DOI: https://doi.org/10.26694/2238-7234.8285-88

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

Indexado em:




Apoio: