Quick Estimation technique: strategies for community health promotion / Técnica da Estimativa Rápida: estratégias para promoção da saúde comunitária

Márcia Astrês Fernandes, Augusto Everton Dias Castro, Éricka Maria Cardoso Soares

Resumo


OBJETIVO: Apresentar o resultado da aplicação da Técnica de Estimativa Rápida, bem como do Mapeamento da comunidade em estudo. METODOLOGIA: Trata-se de um relato de caso, partindo da descrição da realidade vivenciada. Este estudo foi realizado no bairro Bela Vista, localizado na Zona Sul da cidade de Teresina – PI. RESULTADOS: Elegeram-se categorias que abrangessem as dificuldades identificadas após aplicação da Estimativa Rápida Participativa, intituladas respectivamente: Precariedade no abastecimento de água; Dificuldades no transporte público; Condições socioambientais nas zonas periféricas do bairro; Carências de instituições educacionais e Ausência de hospital público. As categorias apontam os problemas relatados pelos moradores do bairro. CONCLUSÕES: Supõe-se a necessidade de uma maior atenção voltada para o bairro, no intuito de prover melhorias para o atendimento da população. O enfermeiro, em parceria com a equipe multidisciplinar e aliado às autoridades competentes, dispõe de instrumentos como o abordado neste estudo para identificar, sistematizar e trazer resolutividade aos dilemas que assolam a população, comprometendo sua qualidade de vida e moradia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/reufpi.v2i3.929

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:



Apoio: